Crianças brilham na Campus Party e provam: futuro será cheio de surpresas

“Toda criança pode ser um gênio, mas precisa ter o apoio da família”, enfatizou Moraes. Conhecido como Teteus Bionic, o pré-adolescente sabe mexer com programação desde os 5 anos e, desde então, já palestrou sobre astronomia e programação de jogos na Campus Party, além de desenvolver um jogo no evento. “Assim que eu aprendi a ler, meu pai me deu uma apostila e o Google. Perguntei se ele me ajudaria e ele disse que já tinha ajudado me dando os materiais”

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2017/06/16/interna_cidadesdf,602961/criancas-brilham-na-campus-party-e-provam-futuro-sera-cheio-de-surpre.shtml

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: